quarta-feira, 23 de maio de 2012

Curso de Medicina na Bélgica

Eu fiz o curso em Bruxelas até ao 5º ano, na Universidade Católica de Lovaina.
Quando era aluna do 2º ano, depois das apresentações e das primeiras aulas, disseram-nos que íamos fazer um estágio para o Hospital durante todo o mês de Outubro.
A nossa turma, éramos mais de sessenta, ficou toda contente, a antever trabalho médico, e num dia frio e cinzento, lá entrámos Hospital adentro, com as batas vestidas, com alguns já de estetoscópio ao pescoço.
Fomos recebidos por pessoal administrativo e auxiliar. Estávamos tão entusiasmados que nem ligámos ao facto de não haver médicos nesse grupo. Levaram-nos para uma sala, identificaram-nos, e depois de umas informações gerais e de sugerirem que guardássemos os estetoscópios, encaminharam-nos “ lá para baixo” para nos darem uns cacifos e umas fardas.
- “Fardas? Se calhar é alguma coisa do Hospital!” Nós já íamos com as nossas batas!”
Fomos com umas auxiliares até um piso inferior e deram-nas as ditas fardas. Às raparigas uns vestidos brancos abaixo do joelho e aos rapazes uma T-shirt e calças brancas. Depois mandaram-nos ir para os pisos ter com as auxiliares “tal, tal e tal”.
Eu não gosto de fardas e não estava minimamente preparada para aquilo. Ainda telefonei ao meu pai a esboçar um lamento, mas ele tirou-me logo as veleidades. Demos então início àquele estágio de um mês em que tivemos de dar de comer aos doentes, fazer-lhes as camas, dar-lhes banho, ajudá-los na higiene, vigiar dietas, ficar com eles, ver o que é queles precisavam, sem sequer falar com os médicos que os tratavam.

Lá só somos doutores muito tarde. Não é como aqui que logo no início do curso já toda a gente põe um Dr. atrás. Lá há numerus clausus. Dos 1200 que entram para o 1º ano, só 200 passam para o 2º, e para entrada na Especialidade é igual. Tem de se fazer um exame de admissão e, se não entrar, tem de ir para Clínica Geral. É um modo de eles garantirem médicos de família para toda a população.

11 comentários:

AQUARIUS disse...

Passei três meses no St Luc (hospital da UCL) como interno. E a minha experiência está nos antípodas da descrita - os internos tinham total autonomia desde o 1º ano, assumiam atos que cá não lhes seriam autorizados; havia um problema linguístico complicado, com muitos belgas a falar francês pior que eu e um hospital para o bem e para o mal, que era um reflexo do país, diferente do nosso!
A presunção médica que é o tema desse post (de quem, já agora!) em portugal, é do país, não da classe - que dizer dos juízes, dos políticos (mas deixem lá que os belgas, não ficam a perder!).
Abraços

capitão disse...

Aqui a experiência reporta-se não a "Internos" mas a "alunos".
A intenção do post é dar um pequeno exemplo de como frenar a “avidez pelo pedestal”, de quem se julga “o maior” por ter tido acesso a dois livros.

claudia carvalho disse...

será que é possível indicar-me qual é a forma de candidatura ao curso de medicina nessa universidade na bélgica? goataria muito de obter resposta. Obrigado.
A minha irmã mora lá e a minha filha gostaria de lá poder estudar.

claudia carvalho

capitão disse...

Cara Cláudio Carvalho:
Use este link - http://www.uclouvain.be/357537.html#UE

claudia carvalho disse...

Obrigado pelo envio do link. Já o consultei. Pode confirmar-me se o curso de medicina é exclusivamente leccionado em lingua francesa, por favor. Pareceu-me que sim... obrigado e boa noite.

jarra disse...

Oui, c"est francophone!

claudia carvalho disse...

obrigado pelo oui, mas quem responde ? não é o capitão...S´o por curiosidade quem é "jarra"?

capitão disse...

É uma "Jarra Pensativa"

Júnior disse...

Olá.
Sou brasileiro e, no momento, estou a cursar Fisioterapia aqui no Brasil.
Como faço para estudar Medicina na Bélgica ou em algum país europeu?

Desde já agradeço, caso obter resposta.

Jacira Pina disse...

ola sou GUALDIMIRA DE PINA ESTOU A PROCURA DE UMA UNIVERCIDADE PARA FAZER O MEU CURSO DE MEDICINA AGORA NAO SEI SE E POSSIVEL ENCONTRAR O MESMO NA VOSSA UNIVERCIDADE DE BELGICA
VOU DEIXAR O MEU E-MAIL GualdiPina@gmail.com ok?

Bruna disse...

Boa noite,

Meu nome é Bruna. Estou no 3° ano de medicina no Brasil. Gostaria de saber como é o processo seletivo para fazer residência na Bélgica. Por enquanto penso em cirurgia geral. Já estou fazendo um curso de francês, pois meu maior medo é a língua.

Se puder encaminhar a resposta para meu email: brunayana41@hotmail.com

Grata.